Identificando Oportunidades de Refatoração através de Métricas

Estava lendo o excelente artigo Medindo a complexidade do seu código no blog da Caelum e resolvi tirar da gaveta o artigo que fiz para a conclusão da Pós que fiz em Engenharia de Software + Métodos Ágeis em 2010/2011.

Por falta de tempo, aprofundei menos do que gostaria na pesquisa.

Se alguém quiser colaborar no estudo da relação entre métricas e refatorações, me dá um toque!

Segue o resumo do artigo:

A prática de refatoração é uma maneira efetiva de realizar a melhoria contínua do código fonte de um software, de maneira a permitir que mudanças nas necessidades de negócio dos clientes sejam implementadas com menos esforço.

Porém, a detecção de qual código deve ser refatorado depende muitas vezes da intuição de
especialistas.

Este artigo estuda o uso de métricas de código fonte na identificação de oportunidades de refatoração, de maneira a detectar pontos de melhoria de maneira quantitativa.

Foi realizado um estudo de caso de dois projetos comerciais em que métricas de código fonte foram levantadas e analisadas, de maneira a identificar pontos de melhoria e relacioná-los a possíveis refatorações.

Os resultados mostram o uso de métricas como uma ferramenta interessante para identificação de possíveis refatorações em uma base de código.

Porém, como uma mesma métrica pode estar relacionada a várias refatorações, a decisão de qual refatoração deve ser
efetuada ainda depende de intuição.

 

 

PDF para download:

Identificando Oportunidades de Refatoração através de Métricas

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s